Press "Enter" to skip to content

A cidade acordou

Por onde acordaria a cidade senão pelas margens que se espreguiçam cansadas do caudal do rio, até que o sol se ponha de novo.